É essencial a aquisição precoce de hábitos de saúde oral. Saiba a partir de quando e com que frequência a criança deve ir o dentista.
Texto: Ana Margarida Marques

Idealmente a primeira consulta deve ser realizada quando os primeiros dentes de leite erupcionam.

O bebé deve ser observado por um odontopediatra.

A odontopediatria é a área da medicina dentária que se dedica à saúde oral de crianças.

É uma componente fortemente preventiva, mas também de diagnóstico e de prevenção de problemas de forma a garantir uma dentição definitiva saudável.

Frequência das consultas

“De preferência, a criança deve ser observada semestralmente. Em situações de elevado risco de cárie, a periodicidade deve ser reduzida para intervalos de três meses”, refere a Odontopediatra Alda Tavares.

A especialista alerta os pais para a importância da aquisição de bons hábitos de saúde oral de forma precoce, logo no primeiro ano de vida.

À medida que a criança cresce

À medida que a criança vai crescendo, é importante que os pais a ajudem a ultrapassar os medos na hora de ir ao dentista.

A psicóloga clínica Teresa Abreu deixa um conselho aos pais: “Nestas idades, como em qualquer outra em que a criança depende e confia nos pais, é importante não a enganar, explicar-lhe ao que vai e apoiá-la de forma tranquila.

“Caso contrário, ela sente o nosso medo e não confia em quem os pais não confiam”, recomenda a especialista.