Escolhas alimentares

Saiba mais sobre a importância do acompanhamento da equipa de saúde ou um profissional que oriente os pais nas primeiras refeições do bebé.
Ana Margarida Marques
A psicóloga clínica Teresa Abreu explica que hoje existe uma diversidade de opiniões na introdução dos alimentos por parte dos profissionais. Pediatras ou nutricionistas podem propor regimes alimentares diversos, embora a variação não seja assim tão díspar. “O que interessa é escolher um profissional em quem possa confiar e ter o bom senso de questionar e de se informar, bem como de observar o comportamento ou reação do bebé”, recomenda a psicóloga clínica. Famílias vegetarianas Às famílias vegetarianas, a psicóloga Teresa Abreu explica que se for essa a opção alimentar da família – se os pais não ingerirem carne e peixe ou ovos – e optarem por também não os dar ao bebé, é fundamental aconselharem-se junto de um profissional de saúde no sentido de a alimentação do seu bebé ser responsável e equilibrada. A Direção-Geral da Saúde disponibiliza um manual dedicado à alimentação vegetariana em idade escolar, no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável. Para mais informações, consulte o Manual de Alimentação Vegetariana em Idade Escolar.