Higiene dos dentes por idades

Os hábitos de higiene oral criam-se desde tenra idade. Saiba quais os cuidados a ter com os dentes em cada etapa do crescimento durante a primeira infância.

Ana Margarida Marques

A higiene oral desempenha um papel importante desde o nascimento da criança.

Segundo a odontopediatra Alda Tavares, “durante o primeiro e o segundo mês de vida, a superfície da mucosa oral apresenta imunoglobulinas que conferem alguma proteção às crianças e que não devem ser eliminadas”. Depois, é necessário começar a cuidar da higiene da cavidade oral e dos dentes à medida da sua erupção.

Cuidados a partir dos três meses

  • A partir dos três meses, a limpeza da cavidade oral pode ser realizada com a ponta de uma fralda ou gaze humedecida em água esterilizada ou uma dedeira, recomenda a especialista em medicina dentária na idade pediátrica.

Até aos três anos

  • Com a erupção dos primeiros dentes, inicia-se a escovagem dentária:
  • Os pais devem usar uma escova com cabeça pequena e cerdas macias.
  • O cabo deve ser longo para facilitar a utilização pelos pais.
  • Os dentes devem ser escovados duas vezes ao dia, uma obrigatoriamente ao deitar.
  • O uso da pasta de dentes deve ser implementado uma vez ao dia.
  • Deve ser usado um dentífrico fluoretado (1000-1500 ppm).
  • As pastas de dentes contêm flúor, essencial para a proteção dos dentes e prevenção da cárie dentária. No entanto, o flúor em excesso pode provocar defeitos nos dentes em formação, razão pela qual a quantidade de pasta utilizada nos bebés deve ser mínima.
  • Até aos dois anos de idade, recomenda-se “sujar” a escova com pasta.
  • A partir dos dois anos, aumenta-se a quantidade, uma bolinha de pasta do tamanho da unha do dedo mínimo.

Higiene oral a partir dos três anos (até aos seis)

A escovagem é progressivamente realizada pela criança, supervisionada e auxiliada, após as refeições e ao deitar, utilizando uma escova macia de tamanho adequado e um dentífrico fluoretado (1000‑1500 ppm), recomenda a especialista.