Quando a criança brinca em locais próximos de água, é fundamental tomar precauções e seguir as normas de segurança para evitar acidentes.

Existem alguns cuidados a ter para prevenir acidentes com a água, garantindo a segurança da criança na praia e na piscina. A saber:

Em locais próximos da água as crianças devem estar sempre sob vigilância atenta dos adultos.

  • As piscinas insufláveis devem ser esvaziadas e guardadas viradas para baixo.
  • As crianças devem usar sempre braçadeiras.
  • As boias não são seguras e não devem ser usadas.
  • Os colchões e outros produtos insufláveis podem ser perigosos porque são suscetíveis de se virarem ou serem arrastados facilmente pelo vento ou ondulação com consequências graves.
  • Não se esqueça de proteger as crianças do sol com protetor solar adequado e chapéu de abas largas.
  • Se tem em casa piscina ou tanque é importante que estejam vedados e que a vedação não permita a passagem da criança por cima, por baixo ou através dela. Deve ter uma altura mínima de 1,10 m e a criança não deve conseguir escalá-la. Se tiver aberturas devem ser inferiores a 9 cm. Isto também se aplica às piscinas de dimensões mais pequenas, de ‘montar’.

Fontes consultadas
Direção-Geral do Consumidor (DGC)
Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI)
Crescer Seguro, Mário Cordeiro, Glaciar

Revisão técnica
Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI)