Gerir a ansiedade

Se está a tentar engravidar, adote uma atitude positiva e deixe que a vida corra normalmente, sem pressionar demasiado o presente para pensar no futuro. Conheça algumas estratégias para se libertar do stress nesta fase sensível.

Iolanda Veríssimo

O período pré-concecional pode ser acompanhado de inseguranças, stress e ansiedade. Mesmo face a eventuais problemas de fertilidade, lembre-se de que há várias soluções possíveis para concretizar o objetivo de engravidar.

Há algumas estratégias que o casal pode adotar para conseguir libertar-se do stress e da ansiedade, problemas que podem comprometer o processo reprodutivo. A par destes cuidados, é essencial que, em conjunto, o casal adote um estilo de vida saudável.

Respire e relaxe os músculos
Quando está ansiosa, pode notar que a sua respiração fica mais rápida e ofegante. Procure respirar fundo e lentamente. Conte até três a cada inspiração e mais três a cada expiração. Tudo lentamente. O relaxamento gradual dos músculos também ajudará a libertar a tensão. Procure um espaço tranquilo, feche os olhos e tente relaxar os vários grupos de músculos, dos pés à cabeça. Pode repetir estes gestos várias vezes ao dia.

Foque-se no presente
A ansiedade pode resultar de inseguranças e receios em relação à gravidez. Estes sentimentos são prejudiciais para o processo reprodutivo. Mas tente não pensar nisso. Foque-se no dia de hoje e liberte-se das preocupações sobre o futuro.

Escreva o que sente
Expressar os sentimentos pode ser difícil, mas é um passo essencial para gerir a ansiedade. Pode parecer que regressou à adolescência, mas a escrita de um diário pode ser útil nesta altura. Neste diário, não descreva apenas sobre o seu dia-a-dia, mas desabafe, de forma totalmente honesta, sobre o que está a sentir. Afinal, estes desabafos são só seus, ninguém os irá ler. As suas inseguranças, o eventual receio da infertilidade, as dificuldades na relação com o parceiro são temas que poderá abordar se estes constarem na sua lista de preocupações e se para si fizer sentido.

Fale com um amigo
Depois de escrever o que sente no diário, procure conversar com um amigo. É importante que este seja um bom ouvinte.

Tire partido dos recursos disponíveis
Hoje em dia existem várias ferramentas que podem ajudar o casal a compreender qual o melhor período para engravidar. O cálculo do período fértil através da análise do calendário dos seus ciclos menstruais e os testes de ovulação são algumas ferramentas úteis.

Faça uma caminhada
Passar algum tempo ao ar livre ajuda a combater a ansiedade e a depressão. Convide o seu companheiro para um passeio, um piquenique, uma ida à praia, à piscina ou outro local agradável. O ideal será praticar alguma atividade física.

Privilegie as palavras positivas
Com exceção do seu diário, onde pode escrever o que quiser, evite usar expressões e palavras negativas no seu dia-a-dia. Em vez de pensar “Sou um fracasso porque não consigo engravidar”, pense “Estou a fazer tudo o que está ao meu alcance para ficar grávida”.

Divirta-se
É importante que não tenha relações sexuais apenas a pensar no objetivo de engravidar. Procure fazer amor e liberte-se dos pensamentos que a pressionam.

Pode parecer que regressou à adolescência, mas a escrita de um diário pode ser útil nesta altura.