Se pretende aderir ao programa “Estou Aqui” da Polícia de Segurança Pública (PSP), pode fazer o registo online para pedir a pulseira. Disponível para todas as crianças dos dois aos dez anos.
Ana Margarida Marques

O programa “Estou Aqui” da Polícia de Segurança Pública (PSP) nasceu em 2012, com o intuito de localizar mais facilmente criança que se afastam dos pais ou responsáveis.

As inscrições estão abertas desde 25 de junho e os aderentes terão a pulseira válida até 31 de maio de 2021.

Como funciona e para que serve a pulseira

Cada pulseira distribuída dispõe de um código alfanumérico único, o qual permite que qualquer pessoa que encontre uma criança perdida a sinalize via 112. Essa chamada é encaminhada para a PSP que dispõe dos dados associados à pulseira e, de forma célere, contacta os pais, educadores ou tutores da criança que se encontre perdida, promovendo o seu reencontro.

Como ativar e levantar a pulseira

Para aderir ao programa siga os seguintes passos:

  1. Preencha os dados para registo em https://estouaqui.mai.gov.pt
  2. Levante a pulseira na Esquadra da PSP previamente escolhida
  3. Após o registo da pulseira, ate ao pulso da criança e aproveite as férias 

As crianças que já anteriormente ativaram as pulseiras e que pretendam aderir ao programa este ano, deverão preencher novamente o formulário.

77 Mil crianças abrangidas em 2019

O programa “Estou Aqui!” abrangeu mais de 77 mil crianças em 2019. Foram registadas oito ativações pela PSP, ou seja, situações de acionamento da pulseira para permitir o reencontro da criança perdida com a sua família.

Entidades envolvidas no programa “Estou Aqui”

A iniciativa da PSP é uma parceria com a Altice Portugal, através do MEO e da Fundação Altice, Secretaria-Geral do  Ministério da Administração Interna, Rádio Comercial, Missing Children Europe e Instituto de Apoio à Criança. Já foram distribuídas e ativadas mais de 375 mil pulseiras a crianças entre os dois e os dez anos de idade no âmbito do programa.

Mil pulseiras distribuídas e ativadas em crianças entre os dois e os dez anos de idade no âmbito do programa da PSP.