Preparar refeições

Fique com orientações e conselhos práticos para a fase da transição para os alimentos sólidos na dieta do bebé. Esclareça todas as suas dúvidas com o médico assistente ou pediatra.

Ana Margarida Marques
A alimentação complementar começa com a introdução de suplementos sólidos ou semissólidos na dieta do bebé e termina quando a criança recebe uma alimentação semelhante à do resto da família. Esta etapa tem início aos 4-6 meses de vida e consiste no princípio de que começam a ser dados ao bebé alimentos não lácteos, como complemento do leite materno ou fórmula para lactente que o bebé está a receber. Leonor Levy, médica pediatra, apresenta algumas orientações relacionadas com as primeiras refeições do bebé nesta etapa do desenvolvimento. Cuidados antecipatórios na dieta do bebé
  • Não acrescente sal ou açúcar
  • Ofereça água ao bebé
  • A introdução dos alimentos deve ser gradual
  • Comece por alimentos menos alergénicos
Siga as boas práticas da alimentação saudável
  • Em primeiro lugar são introduzidas as primeiras papas de cereais e as primeiras sopas, bem como os purés de frutas, como a maçã e a pêra.
  • A partir de um ano de idade, as refeições começam a assemelhar-se às da restante família.
  • Por exemplo, o sal começa a ser gradualmente introduzido na dieta.
  • Na base da preparação das refeições para o bebé e para toda a família é essencial estarem presentes as boas práticas da alimentação saudável.