Dormir a noite inteira

O sono é fundamental para ter uma vida saudável. A partir dos seis meses o bebé já está preparado para se começar a adaptar a um horário fixo de sono.
Michelle Tomás

O padrão de sono dos bebés não é igual ao dos adultos. Os recém-nascidos passam por seis estados de sono diferentes: sono profundo, sono leve, estado de sonolência entre o sono e a vigília, estado alerta, agitação e choro.

O sono do bebé

Segundo Brazelton, no sono profundo o bebé fecha-se aos estímulos do ambiente, enquanto os restantes estados são transitórios. O estado de alerta é o auge. Assim torna‑se mais fácil compreender porque nenhum bebé nos primeiros tempos de vida passa uma noite sem acordar. E se as características e as necessidades do sono não são as mesmas entre os adultos, também ao nível do sono os mais pequenos terão comportamentos diferentes.

Estratégias para dormir a noite inteira

A Associação Portuguesa do Sono (APS) em conjunto com a Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP) aponta cinco conselhos simples que proporcionam uma boa noite de sono.

  1. Ter um horário regular de sono – o horário de levantar e deitar deve ser o mesmo todos os dias.
  2. Ter rotina na hora de deitar – antes de deitar deve haver uma sequência habitual de atitudes para preparação para o sono: banho, jantar, ida para o quarto, leitura, música calma.
  3. Ter ambiente do quarto sossegado e escuro, temperatura amena – o quarto deve ser sentido como um local calmo e agradável
  4. Desligar o equipamento eletrónico uma hora antes de dormir e deixá-lo fora do quarto – a luminosidade e o ruído dos computadores, telemóveis, consolas de jogos, televisão atrasam a chegada do sono e provocam despertares durante a noite.
  5. Não ter fome ao deitar – a sensação de sono pode perturbar o sono.